terça-feira, 29 de junho de 2010

Quedas são inevitáveis

Minha pequena Vitória,

hoje você está num colo quente e macio e se alimenta e se afaga e gosta de estar apertadinha e se sentir limpinha. Amanhã você estará engatinhando, conhecendo texturas, o frio e o quente, o áspero, o rugoso e o macio, vai perceber que não é o mundo que se move ao seu redor, mas que você pode mover o mundo também, e ir sozinha. Depois você firmará seus pezinhos no chão e entre sorrisos e chamados, talvez segurando um dedo do papai ou da mamãe, você vai enfim andar. Então terá seus braços livres para poder pegar, tocar tudo ao seu redor, vai mexer em muita coisa que não deveria, vai conhecer outra dimensão, a altura. Um dia você verá que o andar talvez já não seja adequado à velocidade dos teus desejos, à ferocidade com que teu coração ou estômago desejem o carinho dos seus pais ou uma barrinha de chocolate, nesse dia você vai correr. Correr vai fazer seu coração disparar, sua boca secar, seu rosto sentir melhor o vento... e talvez você caia. Provavelmente de quatro. Não se preocupe, quedas são inevitáveis.Acredite, você vai levantar, e ter o carinho ou o chocolate. Um dia, brincando com seus amiguinhos - e você vai ter vários amiguinhos - você vai jogar bola, queimado, ou vai querer alcançar algo bem alto e você vai pular. Seu primeiro pulo provavelmente vai ser desengonçado e é bem provável que você novamente caia. Não se preocupe, quedas são inevitáveis.

Um dia você estará andando, correndo e pulando muito bem e, nesse dia, você vai conhecer vários amiguinhos num local novo, longe do papai e da mamãe. Nesse dia você vai estranhar, vai se sentir acuada, é bem provável que você chore e sinta que está engatinhando, de novo. Mas esse dia vai vir acompanhado de outros dias e as vozes estranhas e os cheiros novos se tornarão familiares e cotidianos e você, aos poucos, vai se sentir andando de novo. Quando menos suspeitar vai perceber pela segunda vez a sensação de que o mundo não gira sozinho ao seu redor, mas que você pode controlar a passagem dele, e aí é que você vai poder correr e brincar e se sentir parte daquele novo e gigantesco universo. Um dia, algum tempo depois disso – que para você será uma maravilhosa aventura que nunca mais esquecerá enquanto viver – você vai sair daquele universo e pular no colo do seu pai. Sem suspeitar que aquele pulo era um salto quântico...


Eis novamente a Vitória num novo universo, cercada por outras pessoas e outras vozes e essas pessoas são novas e as vozes diferentes e é bem provável que ela se sinta insegura, como se voltasse a engatinhar, mas os dias trarão palavras, alguém vai ser eleita “a melhor amiga”, porque foi a primeira que se interessou por conhecer a Vitória e deu a já conhecida mão, para que a Vitória andasse. E andando ela correu e correndo, ela pulou...


Um dia a Vitória vai se apaixonar. Vai se sentir desorientada, perdida, como se voltasse a engatinhar. Mas a sensação, a sensação já vai ser conhecida e ela, esperta que é, vai saber o que fazer para andar, correr e, no momento certo, pular. Ela vai sofrer, achar que o mundo inteiro está se esmagando contra o peito dela, vai mergulhar no travesseiro ou no ombro de uma irmã, mas não importa o quanto esse tempo dure, ele vai passar. Afinal, até esse ponto, ela já vai lembrar: que quedas são inevitáveis. E isso vai se repetir no primeiro namorinho dela, primeiro emprego, primeiro amor, primeiro grupo de amigos, primeiro projeto pessoal...


Um dia a vitória vai perceber que essas quedas e saltos são mais sobre aprender e menos sobre deixar de errar, que o macete pra não se irritar com pessoas irritantes é imaginar que elas já foram crianças – e muitas não deixaram de ser birrentas e mimadas -, que o mundo vai tentar convencer ela de que necessita de milhões de bugigangas para ser amada ou respeitada, para “fazer parte” ou “estar integrada”, mas que muito antes de qualquer parafernalha ela já sabia, sempre soube, que já é. Pelo menos pelas pessoas que importam. Ela vai entender que essas pessoas que importam não precisam ser muitas, mas que elas precisam ser verdadeiras e que a Vitória precisa ser verdadeira com elas também. Vai entender o quão importante e gostosa é a idéia de cultivar. Cultivar seu tempo, seus pensamentos, seus sentimentos, seus pequenos prazeres e seus profundos e importantes valores. Vai aprender que a vida se dá por uma série de pequenas trocas, de olhares, de carícias, objetos, sentimentos, pensamentos. Que mesmo que tentem – e vão tentar – vender a ela a idéia de que a relação entre o corpo e a mente dela é uma dicotomia, que um só pode funcionar se estiver reinando soberano sobre o outro, nunca vão conseguir apagar o sentimento, aquela certeza profunda que ela tinha desde que engatinhou pela primeira vez, de que só uma harmonia entre eles pode reinar soberana, já que seus sentimentos vão influenciar seus pensamentos, o funcionamento do seu corpo e mesmo sua relação com a divindade e que nenhuma dessas esferas existe em separado e nenhuma delas é saudável em separado. Vão tentar convencer a ela de muitas coisas, certas e erradas, muitas ela terá de vivenciar para aprender, outras não. Mas o mais importante é que ela consiga distinguir as miríades de idéias, grupos, partidos e modismos que servem para separar a humanidade, das poucas e belas coisas que nos fazem solidários. E que ela saiba que a escolha, entre uma e outra, será sempre dela, assim como o mérito e a responsabilidade pela escolha.


Assim, um dia, quando ela já estiver bem vovozinha, com filhos que trarão netos e talvez bisnetos, ela possa ter vivido seus engatinhares, andares, correres e saltares, seus amores, seus estudos, profissões e toda uma corrente gigantesca de méritos maravilhosos. Nessa época, um dia, ela vai fechar os olhos e sentir que está caindo para trás... mas tudo bem, quedas são inevitáveis.


Receita e Conto: Renato Kress

6 comentários:

Lolô disse...

A vida terrestre não passa disso neh?! Uma grande rotina..
Muito booom esse conto !!
Beijão !

Anônimo disse...

[B][URL=http://www.salethomassabo.com]Thomas Sabo[/URL][/B] brings from the sterling Silver Assortment which presents the ideal accessory for prevailing tends in trend. Top [B]Thomas Sabo schmuck[/B] most in good quality 925 strerling silver is graced with the use of hand-set and hand-cut zirconia stone. Your highest need in terms of good quality and aesthetics gets fulfilled with the unmatched quality [B][URL=http://www.salethomassabo.com/thomas-sabo-charms.html]Thomas Sabo Charms[/URL][/B]and styles offered by them. The firm also offers unisex line which removes the the conventional differentiation in between [B]Thomas Sabo charms[/B] jewellery for males and females.

The Rebel at Heart sequence contains Black [B][URL=http://www.salethomassabo.com/thomas-sabo-charms.html]Thomas Sabo Charms[/URL][/B] Raven sequence below it and this series demonstrate three elements [B]Thomas Sabo charms[/B] mystery, and drama fiercely and stylishly.

The kid's club is yet another unique selection of charms. This [B]Thomas Sabo[/B] is meant for young young children and teenager. Children possess the option to develop their [B][URL=http://www.salethomassabo.com]Thomas Sabo Onlineshop[/URL][/B] person style also. Exclusive necklaces and bracelets are actually designed to fit smaller young children.

Anônimo disse...

[B][URL=http://www.thomassabosale.de]Thomas Sabo[/URL][/B] [B]Thomas Sabo[/B] [U]Thomas Sabo charms[/U] [B]mtb masai[/B] [U]masai barefoot[/U] [B][URL=http://www.mbtschuheoutlet.de]mbt schuhe[/URL][/B]

[B]Thomas Sabo schmuck[/B] [B][URL=http://www.thomassabosale.de]Thomas Sabo[/URL][/B] [U]Thomas Sabo onlineshop[/U] abercormbie & fitch [B]masai schuhe[/B] [B][URL=http://www.mbtschuheoutlet.de]mbt[/URL][/B] [U]masai barefoot[/U] vibram five fingers [B]Thomas Sabo charms[/B] [B][URL=http://www.salethomassabo.com]Thomas Sabo[/URL][/B] [U]Thomas Sabo[/U] masai barefoot [B]vibram five fingers[/B] [B][URL=http://www.vibramfivefingersshop.de]vibram[/URL][/B] [U]vibram five fingers sprint[/U] Thomas Sabo onlineshop [B]abercormbie fitch[/B] [B][URL=http://www.abercrombieonsale.de]abercrombie and fitch[/URL][/B] [U]abercrombie[/U]

[B]abercormbie fitch[/B] [U]abercormbie fitch[/U] [B][URL=http://www.abercrombieonsale.de]abercormbie & fitch[/URL][/B] [B][URL=http://www.mbtschuheoutlet.de]mtb masai[/URL][/B] [B]mtb schuhe masai[/B] [U]mbt[/U] [B][URL=http://www.thomassabosale.de]Thomas Sabo charms[/URL][/B] [B]Thomas Sabo charms[/B] [U]Thomas Sabo charms[/U] [B]masai[/B] [U]mtb masai[/U] [B][URL=http://www.mbtschuheoutlet.de]mtb masai[/URL][/B]

Renato Kress ®Ҝ disse...

O "Anônimo" fala uns troços muito doidos...

Ju Kuhne disse...

De todos q eu li por aqui, esse é o melhor!!! ;)

Bianca Voloski disse...

Lindo... serve pra gnomos pequenos e grandes... =]

Se você pudesse transformar 12 contos do Café com Conto em curtas-metragens, quais seriam?